por anderson-silva-carvalho-freire

02 set 2014

6 vantagens de terceirizar sua rede sem fio

wi-fiA terceirização da infraestrutura de TI é estratégia gerencial de empresas de todos os portes, mas a contratação de serviços de TI está principalmente relacionada às estruturas de datacenters e armazenamento. Contudo, as necessidades de redes de alta disponibilidade, móveis, de fácil adaptação às necessidades da empresa, seguras e que permitam o monitoramento dos dispositivos e usuários, têm levado as empresas a terceirizar sua rede sem fio.

Giliardi dos Santos, diretor de TI da Orsegups, empresa de segurança de São José (SC), adquiriu esse tipo de serviço e enfatizou o benefício de ter uma rede estável em entrevista ao Portal MakingOf. “Além de não termos problemas com a rede sem fio, a performance diária e a entrega dos relatórios nos dá a garantia do serviço prestado”, afirmou Santos.

Veja abaixo seis vantagens de terceiriza sua rede sem fio:

1) Custo de aquisição é transformado em custo de operação

Ao comprar equipamentos de rede sem fio, as empresas estão fazendo investimentos em bens que aparecem no balanço patrimonial e são depreciados após seu ciclo de vida, normalmente três anos. Esses são os custos de aquisição, o CAPEX. A maior parte da empresa têm limitadíssimos recursos para adquirir capital fixo e, por isso, preferem direcionar seus investimentos para atividades geradoras de receita.

Em contrapartida, quando se contrata um serviço de rede Wi-Fi, por exemplo, esse custo entra como despesa operacional, o OPEX, e aparece na conta de ganhos e perdas. Esses gastos podem ser deduzidos do imposto de renda, enquanto as despesas de capital não.

2) Economia com manutenção e upgrade

Quando você contrata como serviço, não precisa comprar equipamento nem investir em atualização ou manutenção. Tudo deve estar previsto em contrato, de preferência sob um Acordo de Nível de Serviço (SLA), que garante a qualidade mínima exigida por quem está contratando.

A prestadora do serviço faz o site survey (planejamento para dimensionar e posicionar os pontos de acesso), compra, instala e configura os access points. Entretanto, é fundamental que a empresa esteja com a infraestrutura de rede cabeada pronta. A configuração dos equipamentos que se conectarão a rede Wi-Fi também fica por conta dos clientes.

3) Mão de obra especializada com custo inferior ao de uma contratação

Tanto o planejamento quanto a configuração da rede é feita por engenheiros certificados pelas empresas líderes do mercado. Essas certificações são onerosas: as provas da Cisco, por exemplo, podem custar até US$ 1.600 cada tentativa, e ainda é preciso contabilizar os custos com treinamentos e a experiência de mercado destes profissionais.

4) Serviço de  monitoramento e prevenção de incidentes

Empresas especializadas também contam com técnicos qualificados e equipes de suporte, que vão monitorar o funcionamento da rede por meio de um NOC (network operations center, que é um centro de monitoramento de rede). Assim, você recebe um contato proativo, antes de reclamar sobre qualquer incidente.

5) Relatórios para análise de produtividade

Todos os acessos à rede são monitorados, e é possível integrar com ferramentas de segurança que monitoram e previnem ataques em redes Wi-Fi. Os serviços também costumam oferecer relatórios automatizados semanais e mensais que permitem mensurar o que os funcionários estão acessando na rede – que pode ser uma variável para análise de produtividade da empresa.

6) Gerenciamento da rede

Ao terceirizar sua rede sem fio, é possível ter um melhor gerenciamento do acesso, criando, por exemplo, estratégias para conexão de fornecedores e visitantes sem que eles acessem sua rede administrativa, o que é uma medida de segurança para evitar vazamentos e problemas com os dados da empresa.



Acompanhe nossas novidades nas redes sociais!