por dietererwin

18 maio 2015

Como centralizar o monitoramento em empresas com filiais

centralizar o monitoramentoCentralizar o monitoramento em empresas e entidades que possuem estrutura descentralizada, como complexos industriais ou empresas com muitas filiais, é um desafio para as equipes de TI por conta do dimensionamento de link e de servidores para o armazenamento das imagens. É sobre esse assunto que pretendemos falar neste post.

Por conta de questões estratégicas, de acesso ou de contenção de custos, muitas vezes as filiais das empresas não possuem uma equipe de segurança local e preferem realizar o monitoramento a partir da matriz (ou da reitoria, por exemplo, no caso de uma universidade). Nesses casos, surge a necessidade de acessar remotamente as imagens gravadas, ou em tempo real, por parte de uma equipe central de segurança.

Para estruturar esse sistema é preciso analisar três fatores da infraestrutura:

Link de dados

O link de dados é o ponto mais sensível de um projeto para centralizar o monitoramento, porque ele é fundamental para a transmissão das imagens capturadas pelas câmeras instaladas nas filiais até a matriz, onde serão analisadas pela equipe de segurança.

Para definir qual será a banda mais adequada, é necessário avaliar a quantidade de câmeras que serão instaladas, qual o modelo de cada uma delas e qual o tipo de ambiente a ser monitorado – se serão ambientes externos, internos, com muita ou pouca movimentação.

Servidores

A infraestrutura deve contar com servidores instalados na matriz e nas filiais, conectados entre si. Estes servidores irão armazenar as imagens capturadas pelas câmeras e, por meio de um software de gerenciamento de vídeo, VMS, é possível realizar o gerenciamento centralizado a partir de um servidor principal (instalado na matriz, por exemplo), que receberá as imagens dos servidores de gravação instalados nas filiais.

Software de Gerenciamento de Vídeo – VMS

É necessário também investir em licenças de software de gerenciamento de gravação, uma para cada servidor. Este software será responsável por gerenciar as configurações das câmeras, as imagens gravadas e permitir a visualização ao vivo e das imagens gravadas em uma única interface de usuário. Através da utilização deste software é que será possível também realizar o gerenciamento centralizado dos servidores de gravação, instalados nas filias, a partir de um ponto central.

O planejamento é complexo e, por isso, recomendamos que procure especialistas em infraestrutura para centralizar o monitoramento de uma forma mais adequada.

Foto: The Electronics Shop.



Acompanhe nossas novidades nas redes sociais!