por dietererwin

28 maio 2015

Entenda a diferença entre câmeras de monitoramento IP e analógicas

IP e analogicaQuando o assunto é câmeras de segurança, a adoção das câmeras IP pelo mercado cresce a passos largos no Brasil e no mundo. Um estudo da IMS Research aponta que, enquanto o setor de câmeras de segurança analógicas cresceu 1,3% entre 2009 e 2014, o mercado de câmeras IP registrou um aumento de 39,2% no mesmo período.

Esse movimento não é à toa: as câmeras IP possuem uma série de vantagens sobre os equipamentos analógicos, como o monitoramento inteligente, uma qualidade de imagem melhor e a uma maior variedade de modelos, que podem ser específicos para ambientes externos ou internos, com diferentes sensibilidades à luz e recursos especiais.

Abaixo enumeramos as principais diferenças entre câmeras IP e analógicas:

Custo de aquisição

O custo de aquisição de uma câmera IP ainda é  mais alto que o de uma câmera analógica, mas se forem considerados também os custos de instalação e manutenção do sistema, as soluções com câmeras IP passam a ser mais econômicas, principalmente em sistemas com um número maior de câmeras.

Isso porque as câmeras analógicas usam cabos coaxiais para a transmissão da imagem de uma câmera, uma infraestrutura independente da rede IP já utilizada nas empresas e universidades. Com isso, é necessário gastar com manutenção e equipes de instalação especializadas, o que demanda um investimento maior.

Já as câmeras IP utilizam a mesma infraestrutura de rede utilizada na interconexão de computadores em empresas e universidades para a transmissão das imagens, e a mesma equipe que executa o serviço de instalação e manutenção da rede IP poderá gerenciar os serviços de monitoramento. Ou seja, não é necessário investir em uma nova infraestrutura de cabeamento.

Facilidade de instalação

Com a ampla utilização da infraestrutura de rede IP nas empresas e universidades atualmente, o conhecimento sobre o uso, instalação e manutenção desse tipo de infraestrutura está cada vez mais difundido, simplificado e com custos menores – caracterizando mais uma vantagem em relação aos cabos coaxiais das redes analógicas.

Não é preciso nem se preocupar com as questões de energia: as câmeras IP suportam a alimentação elétrica através do próprio cabo de rede IP, através do uso da tecnologia de PoE (Power over Ethernet). Assim, os próprios switches da rede irão fornecer a energia elétrica para as câmeras – e se eles estiverem conectados a fontes de alimentação redundante como um no-break, as câmeras também estarão.

Qualidade de imagem

A câmera IP consegue entregar uma qualidade de imagem superior, com resolução HDTV (720p/1080p), até altas resoluções de 5MP e 4k, enquanto uma câmera analógica possui resolução máxima de 4CIF. Com uma resolução maior, é possível monitorar áreas maiores e obter imagens mais detalhadas, que permitem uma análise mais precisa.

Outra diferença na qualidade da imagem é na captura de cenas com movimento. Em uma câmera analógica, que utiliza varredura entrelaçada, uma cena com um objeto em movimento será reproduzida de forma estremecida, impossibilitando a sua identificação. Em uma câmera IP não há este problema, visto que ela utiliza a varredura progressiva, o que permite uma clara visualização dos objetos, mesmos que eles estejam em movimento.

Além disso, a tecnologia aplicada nas câmeras IP não para de evoluir. A cada dia são desenvolvidos novos recursos que possibilitam a melhoria na qualidade da imagem capturada e câmeras com resolução cada vez melhores.

IP e analógicas: qual a mais inteligente?

As câmeras IP possuem recursos para tornar o sistema de vídeo monitoramento mais inteligente e pró-ativo. Um dos recursos é a detecção de movimento, que permite gravar apenas as imagens dos movimentos na cena, o que se traduz em economia de espaço necessário para o armazenamento desses vídeos. Outra aplicação desse recurso permite que, ao detectar um objeto em movimento na cena, a câmera envie um alerta ao operador ou vigilante, informando-o sobre a ocorrência de um incidente e permitindo uma resposta mais rápida por parte da equipe de segurança.

Outro recurso é o alarme contra violação da câmera. Esse recurso permite que o sistema de monitoramento informe que a operação normal da câmera foi alterada quando, por exemplo, a lente da câmera é obstruída, impedindo a captura da imagem.

Há uma série de outros recursos de análise de vídeo que podem ser instalados na câmera IP: contagem de pessoas e veículos, leitura de placas de veículos, tempo de espera em fila e quantidade de pessoas em aglomeração de pessoas. Além disso, como vimos em um post anterior, esses softwares podem auxiliar em outras áreas do negócio de uma empresa, como no marketing.

Esse canal está aberto para esclarecer dúvidas sobre as diferenças entre câmeras IP e analógicas, se quiser, compartilhar experiências. Deixe sua mensagem!



Acompanhe nossas novidades nas redes sociais!