por rodrigosalvo

02 jun 2015

O que a rede de longa distância inteligente (IWAN) traz de novo

redes de longa distânciaRedes de longa distância conhecidas pela sigla WAN (Wide Area Network) são componentes chave na infraestrutura de TI que permitem a conectividade entre escritórios (matriz e filiais) permitindo a troca de informações de dados, voz e vídeo entre os usuários de uma mesma empresa, ou entre empresas parceiras. Um grande exemplo de rede de longa distância é a própria Internet.

Quando se quer prover conectividade entre escritórios, muitas empresas enfrentam alguns desafios relacionados a custos e à gestão dos links, como:

  • Contratação de qualquer  link de longa distância com menor custo mensal, independente de provedor e tipo de conectividade;
  • Utilização dos links alternativos (back-up) junto com o link principal. Os links alternativos são pagos mensalmente pelas empresas mas só são utilizados em caso de falha do link principal, ou seja, a empresa paga por um serviço que está parado;
  • Utilização inteligente dos links de forma que os mesmos sejam utilizados de forma balanceada mantendo a qualidade na comunicação das aplicações críticas ao negócio da empresa;
  • Prover conectividade de internet de forma segura otimizando o uso da banda tanto do acesso de internet como de serviços corporativos de nuvem pública (Google Apps, Salesforce, Webex…);
  • Prover segurança na transmissão dos dados entre as matriz e filiais, entre filiais e entre empresas parceiras.

Mas como atender a todos estes requisitos de forma confiável e eficaz? A Cisco, por meio de uma arquitetura denominada IWAN (Cisco Intelligente WAN), consegue atender a todos estes requisitos. Abaixo, descrevemos melhor como funcionam os quatro pilares que compõem a arquitetura IWAN:

1) Transporte independente

Independentemente do link WAN utilizado para transmitir informações —seja MPLS (Multiprotocol Label Switching) ou links com custos menores, como internet ADSL (Asymmetric Digital Subscriber Line), Rádio, 3G,4G ou Cable Modem)— com os componentes do IWAN é possível interligar matriz e filiais sem depender do tipo de conectividade e de provedor, proporcionando independência de uso na tecnologia e redução de custos.

2) Controle de caminho inteligente

Os equipamentos envolvidos no IWAN identificam as aplicações críticas ao negócio do cliente e medem os parâmetros mínimos que o tráfego precisa para ser transmitido. Exemplo: Imagine o envio de aplicações de voz que precisam atender alguns requisitos mínimos como atraso, jitter (variação do atraso) e de perda de pacotes. Se você tivesse três links, por qual deles você enviaria?

Os componentes envolvidos no IWAN medem os parâmetros mínimos (atraso, jiter e perda de pacotes) e transmitem os dados pelos links WAN que estiverem em conformidade com os requisitos do tráfego a ser transmitido, ou seja, o envio de informações na WAN é realizado de forma inteligente, enviando fluxo de dados críticos ao negócio pelos links WAN baseado em performance, o que mantém a qualidade e ainda permite a utilização dois ou mais links ao mesmo tempo.

3) Otimização de aplicações

O tráfego de dados entre a matriz e as filiais podem ser otimizados dando uma melhor experiência para o usuário. Nos dos dados com saída pela internet local em uma filial os mesmos não precisam ir até a matriz podendo ser otimizados localmente, o que inclui cache e otimização de aplicações utilizadas em nuvem pública reduzindo o uso de banda da Internet.

4) Conectividade segura

Os dados enviados em todos os links são protegidos por meio de mecanismos de segurança como recursos de VPN provendo confidencialidade dos dados que trafegam em links WAN públicos e privados. Recursos adicionais de segurança local e na nuvem, podem ser aplicados nas filiais para verificar se o tráfego de internet está conformidade com as políticas de segurança da empresa.

Mas como implementar uma IWAN?

Para implementar IWAN, é possível aproveitar a base de roteadores Cisco do cliente ou utilizar a nova linha de roteadores Cisco ISR4000. Em uma filial, por exemplo, é possível usar apenas um roteador e usufruir de todos os recursos constantes nos quatro pilares do IWAN.

Caso haja interesse em saber mais sobre essa arquitetura de rede de longa distância, escreva-nos na área de comentários abaixo.

Obs.: A iWAN é uma arquitetura exclusiva da Cisco, fabricante parceira da Teltec Solutions. No Brasil, ainda não há nenhum fabricante que ofereça o mesmo conjunto de soluções de forma integrada.

Foto: www.netcraftsmen.com

empresa



Acompanhe nossas novidades nas redes sociais!