por admin

29 out 2018

Cloud AWS: como funciona a computação em nuvem da Amazon

Quem está à procura de uma Cloud multifacetada, capaz de dar conta dos serviços mais básicos aos mais avançados, pode contar com a nuvem subsidiária da gigante Amazon, a Cloud AWS. Lançada em 2006, a Amazon Web Services, parceira da Teltec, é uma plataforma de serviços em Cloud Computing.

Oferecida como serviço e sob demanda, a nuvem AWS oferece poder computacional para empresas e organizações, além de armazenamento e distribuição de conteúdo, banco de dados e com preço definido pelo uso. Ou seja, só se paga pelo quanto se consome de um serviço contratado.

Segundo informações da própria AWS, a sua nuvem está presente em 55 zonas de disponibilidade em 18 regiões geográficas no mundo, com planos de expansão para mais 12 regiões. No Brasil, temos três regiões em São Paulo responsáveis pelo atendimento no Brasil inteiro.

Além disso, existe ainda uma subdivisão de seus serviços chamada de AWS GovCloud, que é uma região AWS restrita apenas ao Governo Federal dos Estados Unidos, para o armazenamento em nuvem de dados sensíveis. Impressionante, certo?

A companhia tem mais de 50 serviços disponíveis, com o objetivo de atender às mais diversas necessidades das pequenas, médias e grandes empresas e organizações, privadas ou públicas. O mais importante do serviço em nuvem é a economia e a rapidez que se tem no provisionamento da solução.

Amazon EC2

Conhecida como o principal serviço da AWS, a Amazon Elastic Compute Cloud, ou Amazon EC2, é um serviço que permite ao usuário criar máquinas virtuais, conhecidas como instâncias, dentro do seu ambiente de nuvem, possibilitando a instalação de qualquer software desejado.

O usuário pode criar, ligar, desligar, e terminar suas instâncias conforme suas necessidades, pagando somente pelo tempo em que estas instâncias estiverem ligadas. A possibilidade de criar uma quantidade ilimitada de instâncias, dá ao usuário um nível de escalabilidade dificilmente alcançável num ambiente local.

O serviço revolucionou a computação em nuvem ao lançar a possibilidade de pagar apenas pelo que é utilizado. Além disso, ainda provê aos seus desenvolvedores e administradores de sistemas, as ferramentas necessárias para construir aplicações resilientes às falhas e isolá-las dos cenários comuns de erros.

Segurança e nuvem híbrida na Cloud AWS

Para quem tem necessidade de utilizar a nuvem híbrida, a AWS também oferece recursos avançados e unificados, que permitem a execução das aplicações híbridas, utilizando tanto os serviços locais, quanto os da nuvem.

A Cloud AWS também obedece a todos os rigorosos certificados de compliance. Tanto os globais, quanto os exigidos especificamente nos Estados Unidos, bem como nas regiões da Ásia (Pacífico) e da Europa. O mais importante é que o custo de todo o aparato de segurança já vem embutido no preço do serviço.

Segundo Jardel Weyrich, especialista Teltec certificado pela AWS, a responsabilidade com segurança é um fator partilhado entre a AWS e o locatário da nuvem. “A AWS destaca que trabalha num modelo compartilhado de responsabilidade. Ela, com suas certificações e compliances, garante a segurança física do ambiente, fornecendo ferramentas para que o usuário configure seu ambiente para que não haja a perda de dados. Já a responsabilidade do cliente é garantir que o ambiente esteja configurado corretamente e que suas aplicações sejam seguras”, afirma.

Backup e restauração na Cloud AWS

Outro serviço que vem à tona como destaque na Cloud AWS é o de Backup. Tido como uma das grandes vantagens do uso da Cloud Computing, o Backup automático protege a sua companhia de perda de dados.

A AWS provê ferramentas para que o usuário configure Backups, na forma de snapshots, de forma automática dos serviços como EC2 e RDS (banco de dados gerenciado). Já os ambientes locais, On-Premises e híbridos, requerem ferramentas de terceiros para a realização do Backup.

De acordo com a companhia, o preço também é definido conforme o uso, sem a necessidade de investimentos ou capitais adiantados. O serviço é feito de acordo com as especificações que cumprem requisitos de RTO (Recovery Time Objective – Objetivo de Tempo de Recuperação) e RPO (Recovery Point Objective – Objetivo de ponto de recuperação).

Gostou do artigo e quer saber mais sobre a Cloud AWS, mais de seus benefícios e serviços? Conte com a Teltec Solutions!

Categorias



Acompanhe nossas novidades nas redes sociais!